sábado, 8 de janeiro de 2011

Posted by Joel Rodrigues | File under :

A história biblica refere que Ana, mãe de Samuel, sofria de esterelidade, o que lhe era motivo de grande humilhação, já que Penina, a outra esposa de seu marido Elcana, tinha filhos.Certa vez durante os dias do sacrifício anual ao Senhor, Ana, humilhada por Penina sua rival, se pôs a orar com grandes dores no templo. Sentindo-se amargurada, Ana orou com lágrimas e fez um voto com Deus, prometendo que seu filho seria um nazireu e serviria no templo. Sua oração foi tão íntima
e cheia de fé que Ana não dizia palavra alguma comunicando-se com Deus apenas com as intensões de seu coração. Porém, os seus lábios mexiam-se ao ponto do levita Eli a repreender achando que ela estivesse embriagada.Ana, ao ser advertida pelo sacerdote defende-se dizendo que não havia provado vinho ou qualquer bebida forte, mas que estava derramando seu coração ao Senhor por estar muito aflita. O sacerdote se compadece dela e lhe abençoa dizendo: "Vai em paz; e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste."Então, conforme o pedido de Ana, Deus lhe deu Samuel como filho, para que ela não fosse mais humilhada, e ela cumpriu a promessa em consagrá-lo desde criança ao sacerdócio. O que se observa na historia de Ana, que é muito admiravel,é seu sofrimento e grande humilhação, que passara por ser esteril" o Senhor lhe tinha cerrado a madre". Porem vemos no decorrer do livro de I Samuel capitulo 1 vers: 10, "Ela ora e chora" fazendo um voto de que dando-lhe Deus um filho ela o entregaria nas suas mão, com essa atitude ana demostra sua fé no altissimo e sua total dependencia de Deus.Quando nós buscamos de todo coração, Deus responde, e segundo a propria biblia ana conheceu a seu marido e Deus se lmbrou dela e ela teve um filho e o consagrou a a ele.
 
Entregue ao templo
 
Samuel, ainda jovem, foi entregue ao sacerdócio, "ministrava perante o Senhor" (I Samuel 2:18) Existe alguma ambiguidade nas opiniões no que diz respeito ao tipo de trabalho que Samuel efectuava no Templo. Existe quem defenda que este foi entregue ao templo com voto de Nazireu.

Nomeado profeta
Samuel era conhecido como correto, ao contrário do que se dizia dos filhos de Eli, que cometiam sacrilégios, e haviam sido amaldiçoados.

O relato conta de uma profecia de um profeta desconhecido, dizendo a Eli que Deus já havia escolhido um novo sacerdote para tomar seu lugar (que seria, portanto, Samuel).

Ainda na juventude, Samuel começou a manifestar dons proféticos, sonhando com palavras e visões divinas. Sua primeira profecia constava da confirmação de que Eli e seus filhos seriam retirados do sacerdócio.

0 comentários: