quarta-feira, 23 de maio de 2012

Posted by Profetiza Sobre as Nações | File under :

Após a queda da União Soviética, no final da década de 1980, a Igreja da Ásia Central pôde enfim gozar de mais liberdade. 


Por: Marcelo Peixoto

Os países da Ásia Central (Uzbequistão, Turcomenistão, Tadjiquistão, Quirguistão, Cazaquistão e sul da Rússia) foram por muitos séculos islamizados, principalmente por sua proximidade com o Oriente Médio e também porque por séculos viveram sob o domínio do Império Turco-Otamano.

Após o fim do Império muçulmano, os estados foram dominados pela União Soviética e passaram quase todo o século 20 sob o jugo do ateísmo comunista.

Nesses dois contextos os cristãos da Ásia Central tiveram que permanecer firmes e não desanimar na fé, mas especialmente neste ultimo no qual era estritamente proibido falar sobre Deus e sua existência, pregar o evangelho, cultuar a Deus abertamente, igrejas foram fechadas e pastores presos e assassinados. Após a queda da União Soviética no final da década de 1980 a Igreja pôde enfim gozar de mais liberdade.


Atualmente o grande desafio da Igreja ali é o radicalismo islâmico tanto por parte dos governantes como de grupos radicais, com exceção do Cazaquistão, todos os demais países da Ásia Central tem uma população muçulmana esmagadoramente maior que a Cristã e que gira em torno de 75 a 90%. Eles precisam de nossas orações para que permaneçam firmes na fé e não desistam de testemunhar de Cristo aos muçulmanos.

Assista ao vídeo:



0 comentários: