quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Posted by Profetiza Sobre as Nações | File under :
Abner Ferreira, presidente do Conselho dos Ministros Evangélicos do Brasil (CIMEB) escreveu um artigo ao Gospel Prime falando sobre o uso da tecnologia na evangelização. Abner acredita que as igrejas “ainda estão engatinhando quando o assunto é inclusão digital” e que “a tecnologia não está sendo usada em benefício das estratégias de evangelização e discipulado”.


Para o líder da Assembleia de Deus em Madureira os poucos profissionais de tecnologia que trabalham na evangelização, seja através de blogs ou mídias sociais não têm o apoio da igreja nem dos líderes. Abner também destaca que a crescente a crescente informatização de diversas atividades devem ser um exemplo da importância do uso da tecnologia na evangelização.

“A evolução tecnológica nos permitiu acelerar a tradução da Bíblia para vários outros idiomas, além de facilitar o processo de distribuição de exemplares impressos e digitais. Mas acredito que há muito mais a ser explorado. Existem muitas outras áreas tecnológicas que poderiam nos servir de instrumento de evangelização e discipulado. Porém, a grande questão é: quem irá aperfeiçoar estas ferramentas?”, questiona o pastor.

Ferreira também acredita que possa surgir uma “ruptura” no contexto da tecnologia da informação capaz de alavancar os projetos de evangelização digital. “Grandes projetos com mídias digitais, blogs, vídeos e ferramentas específicas para redes sociais poderiam servir para apresentar a mensagem do Evangelho nas casas das pessoas, em forma viral, tal como vídeos no YouTube”. comenta.

“Acredito que conforme novas tecnologias e métodos estão sendo desenvolvidos as igrejas poderiam potencializar melhor um departamento que já tem se tornado ministério em muitas denominações – o departamento de comunicação. Quer nos sites de denominações, quer em redes sociais, as igrejas devem capacitar-se para compartilhar a fé utilizando as novas tendências digitais, pesquisando novos valores para aplicar através das ferramentas de rápida comunicação”, escreve.

Abner conclui destacando a importância de se criar projetos voltados para a inclusão digital, com ensinos bíblicos, seminários, estudos sobre bom uso de ferramentas digitais, escolas sobre bons costumes na formação de opinião e – o que chamou – de treinamento em criação de projetos digitais para a evangelização viral.


Por: Diego Machado
Fonte: O verbo

0 comentários: