quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Posted by Profetiza Sobre as Nações |

     
No capitulo dez de Mateus lemos que Jesus estava instruindo os seus discípulos e lhes afirmando que deu “autoridade sobre todo espírito imundo para expeli-los e para curar toda a sorte de doenças e enfermidades” (Mt 10:1).

Jesus estava assim mostrando como seus discípulos que agora seriam anunciadores de sua Palavra, a como se portar diante da missão que lhes comissionou Jesus. Portanto está este capitulo o manual de conduta e postura de um obreiro disposto a desempenhar sua missão conforme Jesus instruiu.

Mas quero por meio dessa predica resumir apenas no versículo oito de Mateus dez, onde Jesus fala “curai os enfermos, ressuscitai mortos, purificai leprosos, expeli demônios: de graça recebestes de graça daí” (Mt 10:8). Parece até que Jesus estava cara a cara com nossos “homens de Deus” de nossa época, e não estava posso conjeturar que sim, pois o que vemos hoje em dia esta totalmente fora do que Jesus instruiu aos seus discípulos hoje vemos um mercado estabelecido no meio evangélico e um mercado promissor que até atrai o mundo secular. Senhores até parece que quando Jesus expulsou os que faziam comercio em frente ao templo (Mt 21:12,13) Ele estava repreendendo apenas aqueles que fazem comercio em frente aos templos. O próprio Jesus expôs o que está escrito nas escrituras sagradas “A minha casa será chamada casa de oração” (Mt 21:13b), será que é dessa forma mesmo que estamos tratando a casa do Senhor.

Hoje um mercado está estabelecido no meio evangélico por mais que fechemos os olhos está escancarado nos corações corrompidos cheios de comissões que só visam o lucro por meio dos seus sermões muito bem elaborado onde a Glória de Deus passa longe e que são cheios de persuasão humana.


Sem falar das “clinicas da alma” que vemos todos os dias sendo difundidas nos meios televisivos se aproveitando de uma fragilidade alheia pra executar seus desejos de lucro. Aonde você acessa existe um numero, um email de contato de um “homem de Deus” disposto a ser convidado para uma conferência internacional, um conclave de inúmeras pessoas para seu nome ser conhecido e no final uma conta bancaria para você depositar a vergonha do evangelho que temos vivido. Alguns até usa a referência do mesmo capitulo dez de Mateus para tentar justificar sua vergonha onde diz “digno é o trabalhador do seu alimento” (Mt 10:10), sim todo trabalhador é digno do seu alimento, mas o evangelho não é um ganha pão como vemos hoje em dia o próprio Jesus afirma “não provereis de ouro, nem de prata, nem de cobre nos vossos cintos” (Mt 10:9). Agora será que temos dando de graça o que recebemos de graça do Senhor ou será estamos fazendo um mercado da fé para lucramos com isso. Que Deus te abençoe.

0 comentários: