segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Posted by Profetiza Sobre as Nações |


“Não fostes vós que escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça." (Jo 15:16)

Meditando nessa passagem do apostolo João, eu lembrei-me de uma determinada situação que presencie a alguns dias passados. Jovens numa euforia num show evangélico muitos pulavam outros gritavam de alegria, segundo eles; pois bem, não sou contra esse tipo de manifestação e sei que jovem gosta disso, também sei que na alegria existe uma tendência para a pessoa pular e extravasar sua alegria.

O que mais me chamou a atenção fora palavras ditas naquele lugar: “A glória do Senhor está aqui”, muitos gritaram na hora. Então se a glória de Deus estava ali porque as pessoas que estavam ali não foram despertadas, sim, despertadas porque no termino daquela euforia o resultado foi que alguns saíram com suas namoradas, seus amigos e se foram como da mesma forma que entraram.

O que eu quero aqui expor é a hipocrisia que às vezes ouço no nosso meio, somente para alegrar as pessoas e para alegra nosso ego. Se nós somos uma geração eleita, uma geração escolhida e outros tantos adjetivos que ouço, por que não saímos de quatro paredes e vamos às ruas para proclamar o evangelho, se amamos tanto a Jesus como se vê nas redes sócias, então porque não demonstramos esse amor.

Onde está o nosso fruto se apenas ficamos no mesmo ciclo de pessoas somente dizendo está na alegria do Senhor. Se eu quiser fazer parte de uma geração abençoada por Deus eu tenho que fazer conforme a bíblia diz: “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”( Rm 12.2).

Não adianta eu apenas me alegra na presença do Senhor e viver com os braços cruzados, Jesus disse: “Ou fazeis a árvore boa e o seu fruto, bom, ou fazeis a árvore má e o seu fruto, mau; porque pelo fruto se conhece a árvore” (Mt 12:33). Por tanto somos reconhecidos pelos nossos frutos e quais são os nossos frutos, para que somos chamados; se somos chamados a fazer parte de uma geração escolhida por Deus então temos que ouvi a palavra do bom Mestre “Designeis-vos para que vades e deis frutos, e o fosso fruto permaneça” (v.16b). O nosso fruto tem que permanecer na nossa geração, como uma geração que se empenha na obra do nosso Senhor Jesus. Que Deus te abençoe.

0 comentários: